Total de visualizações de página

Páginas

quinta-feira, 26 de julho de 2012

RESTAURANDO CADEIRA RÚSTICA COM SISAL


Oi gente!!!!

Quero mostrar a minha mais nova restauração que deixou meus dedinhos em frangalhos...rs...

É esta cadeira rústica com cara de nordestina que eu achei que estava indo pro lixo e acabei pegando em frente a casa da minha vizinha por engano, e bota engano nisso!
Na verdade quando a peguei, ela não tinha nem este encosto de Sisal , estava só na madeira e cheia de problemas coitada, pois os seus amigos mais íntimos eram nada mais nada menos que os Srs Cupins. 


Então a carreguei para o Ateliê rapidinho, só que no dia seguinte veio um outro vizinho falar que a minha querida vizinha Márcia estava atrás de sua cadeira esquecida na frente de sua casa quando ia levá-la para tentar achar alguém que a empalhasse. 
Nossa! Fiquei com muita vergonha e lá fui eu conversar com a minha vizinha e lhe pedir desculpas pelo engano quase roubo...hehehehe....
Mas estava com sorte, ela foi uma fofa, pois quando eu contei que a tinha pego por engano e que meu objetivo era restaurá-la, a Márcia riu e chegamos num acordo.
Pedi que não levasse a pobrezinha embora, que me desse uma oportunidade de concertá-la e caso  conseguisse, em vez de pagar  a uma outra pessoa, que pagasse a mim.
Abusada né?!

Não tinha mais jeito, o negócio era encarar o desafio:
Primeiro eu passei querosene e a deixei fechada em um saco durante 30 dias, depois eu pintei com seladora e comprei um rolo de 30 metros de sisal  para começar o trabalho.
O encosto como vocês podem ver foi mole, era só ir passando em volta das duas madeiras e finalizar com um nó bem apertado.


Em seguida parti para o assento!
Ah..., mas o assento, este foi um verdadeiro quebra cabeça que eu consegui fazer da seguinte forma: Comecei pela lateral onde dei 4 voltas enrolando cada lateral e intercalando com 5 voltas de forma comprida que ia de uma madeira a outra ficando um espaço como mostra a foto. 


Depois inverti para as costas da cadeira onde comecei a dar 5 voltas entrelaçando entre os espaços , primeiro por cima e depois por baixo, foram 5 vezes repetidamente passando por cima que após se invertia passando por baixo, de uma ponta a outra.


Ficando assim toda trançada em forma de quadrados.


Mas apesar do pedido ter sido só para empalhar, não podia parar, resolvi dar mais uma lixada na cadeira no sentido das veias da madeira para realçar.



Passei uma cera e ilustrei com bastante carinho, que a deixou assim bem exibida como mostra a foto a baixo.



E por fim ai esta ela na porta do ateliê, pronta para ir embora e quase sem se despedir, me deixando na saudade...snif...snif...


Bom, pelo menos cumpri o trato, espero sinceramente que a Marcinha goste, pois não posso esquecer que quase roubei a bichinha dela sem saber achando que estava indo pro lixo...rs...

O que acharam ???? Será que a minha vizinha vai gostar????

Fala!Fala! adorarei sua opinião!

Espero também ter dado uma luz de como empalhar uma cadeira com sisal, mas se preferir trazer a sua para que eu possa fazer, fique tranquilo, prometo que não vou ficar com ela.


:-)
Postar um comentário